Blog

Inclusão, superação e aprendizado para todos: como criar um ambiente ideal para crianças com autismo

Cadastre-se

E receba conteúdos exclusivos!

Por Marcely Ishigaki, Coordenadora Pedagógica da Buddys.

Neste mês, tivemos o dia Mundial de Conscientização do Autismo, um dia em que o mais importante é podermos disseminar informações sobre o que é o Autismo e como podemos inserir as pessoas com TEC (Transtorno do Espectro Autista) em um mundo mais tolerante, amável e acolhedor para todos. O ambiente educacional deve também fazer parte desse universo.

 

Para as famílias, além de encontrar a oportunidade de terem uma educação de qualidade, também é fundamental apresentar um ambiente acolhedor e com profissionais capacitados, dispostos a proporcionar experiências incríveis para as crianças autistas, mas isso nem sempre acontece. As crianças autistas possuem particularidades, necessidades e características peculiares, o que torna ainda mais desafiador o trabalho dos profissionais ligados à educação.

 

Para que esses desafios possam ser superados, é necessário que educadores e família estejam dispostos a entender, conhecer e aprofundar o conhecimento para que se crie esse ambiente propício ao aprendizado mais significativo, e a tecnologia pode e deve ser usada por escolas e educadores como um recurso e ferramenta para o auxílio no desenvolvimento motor, psicopedagógico e na alfabetização das crianças. Atividades relacionadas a computadores e softwares podem gerar um enorme incentivo e estimulá-los no desenvolvimento de habilidades de aprendizagem social e acadêmica, auxiliando-as com questões vitais, para que tenham uma vida de qualidade e confortável.

 

Cursos extracurriculares que envolvam o uso da tecnologia podem também render bons resultados, como o ensino de programação e robótica, que tem sido muito eficaz em alunos autistas. É perceptível e visível o desenvolvimento do raciocínio lógico em progressão, e como a interação com a tecnologia e as ferramentas lúdicas aumentam e automatizam o desenvolvimento.

 

O uso da tecnologia na educação desenvolve autonomia e confiança, estimula a criatividade e as interações sociais, além de gerar um aprendizado e desenvolvimento consistente e progressivo. É preciso estarmos sempre atentos em quais inovações tecnológicas educacionais poderão trazer melhores frutos.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *