Blog

Crianças também podem empreender!

Confira esses exemplos que mostram que crianças também podem empreender!

Se você acha que empreender é coisa de gente grande está muito enganado! Não existe idade certa para trabalhar em ideias e insights que possam facilitar ou mudar o dia a dia.

Separamos três exemplos de crianças que conseguiram criar empreendimentos inovadores provando para todos que os pequenos estão de olho em tudo que acontece à sua volta.

 

1- O primeiro caso é o da pequena Mikaila Ulmer que decidiu tirar o melhor de uma situação um tanto desagradável. A menina foi picada por duas abelhas, mas essa foi a faísca que possibilitou que a garota tivesse a ideia para a BeeSweet Lemonade, empresa que fabrica um suco que tem limão, linhaça, hortelã e mel na sua receita.

O empreendimento já recebeu até investimento do CEO do FUBU Daymond John, que agora possui 25% da empresa. Isso tudo partindo de uma criança que tinha 4 anos!

 

 

2- Noa Mintz, idealizou sua própria agência de babás, com apenas 15 anos, (a Nannies by Noa). A empresa da jovem recebe uma quantia de cinco dólares por serviço de babá contratado e uma taxa de 15% do primeiro salário da funcionárias.

A jovem já fatura alto, tanto que precisou contratar uma CEO para cuidar da empresa, para conseguir conciliar os negócios com o estudo, na época em que estava na escola. A jovem ainda comenta que não esconde a idade, quando questionada, mas faz questão de frisar a seriedade de seu negócio.

 

 

3- A Charli, mesmo novinha, já virou uma sensação na internet. A ideia para o canal de videos surgiu em 2012, quando Charli tinha apenas seis anos.

A empresa Outrigger divulgou que o canal no YouTube já é o mais lucrativo na categoria comida e receitas! Charli já recebe aproximadamente US$ 128 mil com vídeos em que ensina receitas. Sua irmã de cinco anos auxilia na hora de cozinhar alguns bolos e doces, a maioria inspirada em desenhos animados. O canal CharlisCraftyKitchen recebe mais de 29 milhões de visualizações mensais nos vídeos.

4- Já no solo nacional temos o Davi Braga, que tinha 13 anos quando criou sua start-up. O garoto ganhou fama quando palestrou do TEDx, com 14 anos. Atualmente o jovem com 17 anos já fatura mais de R$600 mil por ano.

Davi criou um aplicativo que tem o intuito de ajudar a tornar mais rápido o processo de compra de materiais escolares. O List-it utiliza de alguns dados das escolas para, virtualmente, fornecer opções de compra de maneira semelhante a um e-commerce.

Aqui na Buddys estamos sempre estimulando nossos alunos a criarem soluções para resolver problemas, mostrando que empreendedorismo somado a programação, pode mudar o mundo! 

Fonte: Revista Pequenas Empresas e Grandes Negócios/ Gazeta do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *