Blog

8 Invenções que você não fazia ideia que foram feitas por brasileiros!

Cadastre-se

E receba conteúdos exclusivos!

Quando se fala em grandes inventores você costuma pensar em brasileiros ou em japoneses e americanos? Poucas pessoas conhecem ou se lembram dos grandes (ou nem tão grandes e conhecidos) inventores do Brasil. Afinal, não só pelo Avião os brasileiros ficaram conhecidos mundialmente!
Pensando nisso, a Buddys separou 8 invenções que você provavelmente não sabia que foram criadas por brasileiros!

Vamos lá? 😉


Radiografia

Inicialmente, as radiografias eram realizadas com a técnica batizada de “Abreugrafia”. O invento criado pelo médico Manuel de Abreu é resultado de anos de pesquisas realizadas pelo brasileiro, na busca de “fotografar” os órgãos internos das pessoas. A pesquisa mostrou seu sucesso no ano de 1936 quando ele conseguiu, pela primeira vez, usando uma chapa fotográfica um registro dos pulmões de um paciente. Seu invento revolucionou a medicina na época e contribuiu para que o diagnóstico da tuberculose fosse realizado mais rapidamente.


Escorredor de arroz

Há alguns anos, não havia uma só casa no Brasil que não tivesse um escorredor de arroz no armário da cozinha! O utensílio corriqueiro que parece sempre ter feito parte dos materiais da casa, na verdade foi criado há menos de 60 anos e por uma cirurgiã dentista brasileira! Therezinha Beatriz Alves de Andrade dividia seu tempo entre as bocas de seus pacientes e as tarefas de sua casa e estava incomodada já com a quantidade de arroz que era perdido na hora da lavagem (isso sem falar na pia que sempre entupia por isso). Ela então montou um protótipo usando uma bacia e uma peneira. A ideia deu tão certo que em pouco tempo ela já possuía a patente do produto e rapidamente o vendeu para grandes empresas o produzirem.


Identificador de chamadas

Há 30 anos, além de ser uma aquisição cara, quem contava com telefone em casa tinha ainda que lidar com trotes constantes. Isso acontecia porque não havia maneiras de identificar o número da chamada que se estava recebendo.

Cansado de enfrentar essa chateação todos os dias, o eletrotécnico Nélio José Nicolai, em 1980, criou um aparelho que permitia identificar de onde vinha a ligação. Ele, então, deu o nome de Bina (sigla para B identifica número de A) ao seu invento, que em pouco tempo se espalhou pelo mundo.


Coração artificial

“A criação do coração artificial é do engenheiro mecânico brasileiro Aron de Andrade, do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia (SP). Inventado em 2000, o órgão artificial é ligado ao natural e alimentado por um motor elétrico. Antes desse desenvolvimento, havia um procedimento no qual o coração natural tinha que ser retirado na operação e substituído pelo artificial, que não durava muito tempo. No molde brasileiro, porém, nada é extraído. De acordo com Andrade, as vantagens desse padrão são muitas, como tornar a própria cirurgia bem mais simples.” *


Soro antiofídico

O soro antiofídico é um medicamento para tratar mordidas de cobras venenosas. É obtido a partir de anticorpos do sangue do cavalo.Foi descoberto por Albert Calmette, um bacteriologista francês. Mas foi o brasileiro Vital Brazil quem desenvolveu o soro usado hoje em todo o mundo. Vital descobriu a especificidade do soro, percebendo que cada veneno produzia um soro específico, isto é, o soro obtido a partir do veneno do animal que causa o acidente só neutraliza a ação desse veneno.


Escova progressiva

Sucesso entre homens e mulheres, em 1998 foi criada a escova progressiva de formol, por cabeleireiros do subúrbio do Rio de Janeiro e em poucos anos ganhou o mundo chamada de “Brazilian Hair Straightening”. Hoje as escovas com formol não são mais indicadas pois podem causar dano às pessoas se usado acima dos limites permitidos. 


Avião

Seria impossível fazer uma lista como essa e não citar o Pai da Aviação! Em 1906, Alberto Santos Dumont decolou com seu famoso 14-Bis em Paris, num voo de aproximadamente 220 metros. Foi a primeira exibição pública de uma aeronave voando a essa distância de forma autônoma, o que tornou o inventor conhecido por toda a Europa como o inventor do avião, apesar das contestações dos irmãos Wright.


Relógio de pulso

Mas se a invenção do avião é contestada, Santos Dumont pode ganhar o mérito por outra engenhoca: o relógio de pulso. O pai da aviação pretendia cronometrar o tempo de voo dos seus aviões durante as experiências. Naquele tempo, os relógios ficavam nos bolsos, presos a uma corrente. Como ele tinha dificuldades em tirar constantemente o relógio do bolso, encomendou ao joalheiro Cartier um modelo que ficasse fixo no braço e facilitasse o controle das horas.


Você pode conhecer outras 12 invenções brasileiras no site da Revista Consumidor Moderno.

Você já sabia dessas invenções? Tem alguma outra inovação brasileira que faltou na nossa lista? Conta aí pra gente! 😉

 

 


*http://diariodebiologia.com/2015/03/coracao-mecanico-inventado-por-brasileiro-ja-esta-pronto-para-ser-usado-em-humanos/


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *